Etiquetas

,

“O Concerto para Harmónica e Orquestra de Villa-Lobos foi composto no que é considerada a sua fase final como compositor. Começando por volta de 1945, esta fase é caracterizada pelo geral afastamento das influências folclóricas brasileiras e num interesse crescente na performance virtuosística. Durante este tempo, Villa-Lobos compôs diversos concertos, nomeadamente para violoncelo, harpa, piano e harmonica. (…)

Composto entre 1955-56, o presente concerto tem a duração de cerca de 17 minutos, tendo a sua estreia pelo tocador de harmónica americano, John Sebastion, em 1959, em Jerusalém, ano de falecimento do compositor. O executante britânico Tommy Reilly teve um papel fundamental na ressurreição desta obra do esquecimento ao incluí-lo no seu repertório concertante habitual. Reiily fez igualmente a primeira gravação do concerto em 1979, com a London Sinfonietta. (…)

Franklin Stover, in AllMusic

 

 

Anúncios