Etiquetas

Baldassare Galuppi foi um dos mais importantes compositores da sua geração em Itália, juntamente com os seus contemporâneos C.P.E. Bach, Domenico Scarlatti ou Gluck.

A sua importância vai muita para além do seu acervo composicional em estilo galante – um compositor prolífico, especialmente no género operático – mas principalmente na sua contribuição prática e genialidade contrapontística em géneros importantíssimos nas épocas seguintes. Foi um dos precursores do género sonata para instrumento solo – muitas vezes atribuído a Scarlatti, ignorando por completo, Galuppi – pela quantidade de obras em vários andamentos contrastantes compostas para cravo; como é considerado hoje um dos criadores da opera buffa, na sua acepção mais alargada. Com mais de cem óperas, o seu engenho em conduzir enredos musicalmente e principalmente, a reunião do ensemble de personagens num finale catártico é a sua principal marca.

Também no campo religioso, Galuppi é uma testemunho de riqueza, com várias obras destinadas, como esta Missa pela Libertação dos Escravos, escrita por volta de 1765, quando era mestre-capela em São Marcos.

O contexto desta Missa ,constituída apenas por 3 partes do Ordinário da Missa Católica Apostólica Romana, remete para o rapto de personalidade abonadas por piratas mercenários e que se encontravam reféns contra resgate, e que em apelo divino, foi encomendada esta missa, tanto em ritual como em obra musical.